FAÇA PARTE DE UM NOVO CONCEITO EM SOLUÇÕES EFICAZ. TRANSFORME OS IMPACTOS NEGATIVOS AMBIENTAIS, SOCIAIS E ECONÔMICOS, EM IMPACTOS POSITIVOS NO NORDESTE DO BRASIL.

GERANDO CRÉDITO DE CARBONO COM EMISSÃO ZERO

SALVE OS ANIMAIS, REFLORESTE O SERTÃO E OFEREÇA ESPERANÇA COM OPORTUNIDADES E QUALIDADE DE VIDA

AS PESSOAS TÃO FLAGELADAS PELA A SECA

O Nordeste do Brasil é castigado a século pela a falta de chuva. O aquecimento global também são uns dos fatores que contribui e diminui é o volume das águas, trazendo transtornos catastróficos. Os animais, florestas e todo eco sistema estão desaparecendo a cada dia. Boa parte do meio ambiente está sendo ameaçado de extinção e nenhuma precaução ou algo de efeito imediato está sendo providenciado.

Tudo passa despercebido pelos os responsáveis e pelas as autoridades locais.

Estão sendo destruídas milhares de espécies raras de animais, pássaros, répteis e plantas que chamam atenção por sua beleza e de grande importância para o meio ambiente.

Todos os anos morrem bastantes pessoas em consequência da água contaminada por falta de saneamento básico, ou doenças provocadas por diversos parasitas e mosquitos, transmissores como Zika Vírus, Chikungunya, Dengue e Doenças de Chagas. Também outro fator preocupante é a falta de prevenção e assistência à saúde.

Já é notável todo esse efeito provocado pela a escassez de chuvas que a região nordeste do Brasil vem sofrendo nestes últimos séculos. Grandes perdas incalculáveis ao meio ambiente sem resultados ou soluções satisfatórias.

Baseado nestas necessidades e através de resultados revolucionários, detemos o conhecimento de tecnologias inovadoras que podem servir de modelo para mudar e transformar, atual situação na região nordeste do Brasil, e outros diversos problemas que afligem a humanidade em vários setores do planeta.

TRISTE REALIDADE: IMAGENS FORTES DO FLAGELO DA SECA

www.youtube.com/watch?v=rHtgPRXmp-M

www.youtube.com/watch?v=aE5r6LhqGvo

O PROJETO OÁSIS NO SERTÃO VISA TRANSFORMAR AS CONDIÇÕES DE VIDA DO POVO NO NORDESTE DO BRASIL

No decorrer dos acontecimentos históricos de nosso país, o Sertão nordestino transformou-se em sinônimo indissociável da seca, devido à condição climática natural da região, que afeta seu solo e consequentemente, a vida de milhares de pessoas que vivem nessas terras.

A ausência da água, causada pela estiagem, atinge as terras deixando-as em grave estado de improdutividade, assim os homens do campo, ficam impossibilitados de exercer suas principais atividades econômicas: Agricultura e pecuária. Nesse período a vegetação sobrevivente limita-se a plantas adequadas à alta temperatura, à aridez do solo e sol ardente. Nestas condições, o povo sertanejo é levado a abandonar a sua região em busca de outros campos que dêem condição de sobrevivência. O espaço assolado pela seca é considerado nos discursos políticos como principal causador da miséria dos habitantes locais.

O lugar possui um clima muito quente podendo chegar facilmente acima dos 40 graus Celsius nos meses mais quentes.

O ambiente demonstra já como um deserto sem quase opções de plantios. Os poços artesianos que implantam na região são de baixas profundidades, a vazão da água se acaba em poucos meses.

Os reservatórios geralmente não enchem suficiente para todo ano. A população e abastecida de água vinda de longa distância através de carro pipa, pode ter risco de contaminação.

O que mais nos comove e chama atenção é a grande perda das plantas e dos animais. Além de diversos tipos de doenças. Existe grande atraso tecnológico e a falta de oportunidade de emprego impedindo desenvolvimento, progresso a todos uma qualidade de vida melhor.

Com perdas incalculáveis provocadas pela escassez da chuva no interior da região. Queremos trazer um novo conceito de ajuda de forma impactante. Podemos fazer a mudança e desenvolvimento jamais demonstrado antes, com resultados inovadores e promissores, através de métodos avançados e tecnologias renováveis, puras de poluentes através dos próprios recursos naturais da região.

 ACESSE O NOSSO SITE:

                                        www.oasisnosertao.com.br

O PROJETO OÁSIS NO SERTÃO ESTARÁ GERANDO RENDA FINANCEIRA, UTILIZANDO OS RECURSOS NATURAIS DA REGIÃO, SALVANDO VIDAS E RESTAURANDO A NATUREZA DE FORMA AUTOSSUSTENTÁVEL.

Dentro desse novo conceito de soluções autossustentável para o quadro atual da região nordeste do Brasil, nasce o projeto denominado “Oásis no Sertão”, voltado a mudar vidas das pessoas, restabelecer  sonhos e proteger a fauna e a flora.

Nossa missão é diminuir a desigualdade social brasileira através de ações autossustentável com soluções aplicáveis relativa inclusão social desenvolvimento tecnológico, informação, cultura, educação, toda atenção especial voltada à restauração do meio ambiente e proteção aos animais.

Gerando um novo conceito em crédito de carbono com emissão zero para a natureza.

Nosso trabalho no sertão nordestino tem como objetivo transformare solucionar problemas em diversas áreas, dimensão e todo estágios de desestabilidade, declínio provocado por agente da natureza, exclusão social ou por falta de recursos.

Definimos nosso plano emergencial de ações transformadoras em três modalidades diferentes. Ele muda de forma positiva os impactos sociais, econômico e ambiental, beneficiando as pessoas, animais e plantas.

            TRANSFORMANDO OS IMPACTOS SOCIAIS DE FORMA POSITIVA

A POPULAÇÃO. Há muitos anos que o sertanejo sofre a falta total de inflaestrutura. Moradia, saúde,

educação e saneamento básico. Oportunidades de empregos e qualidade de vida adequada. Essas necessidades muitas vezes obrigam a migrar deixando para trás seus familiares perante e amigos.

Fugindo da seca, da miséria e falta de perspectivas do sertão nordestino. Na esperança de uma vida melhor vão para as grandes cidades como não possuem recursos, buscam moradias em bairros desprovidos de infraestrutura algumas vezes marginalizados, agravando ainda mais os problemas sociais e urbanos.

TRANSFORMANDO OS IMPECTOS AMBIENTAIS EM ASPECTO POSITIVO

 OS ANIMAIS. Uma das prioridades máxima do nosso projeto é salvar e proteger em caráter emergencial os animais do sertão nordestino. Eles estão morrendo com a escassez da água e de alimentos em muitos lugares, também são abatidos pela cassa predatória e captura ilegal para as vendas no mercado negro.

Precisamos protegê-los e preservá-los. O índice de extinção pode ser maior do que as estatísticas. O sertão pode socorro imediato.

Nenhuma providência de combate a esses problemas estão sendo aplicadas. As soluções apresentadas em outros aspectos são de natureza paliativa ou de efeito político sem quase nenhum resultado aparente. É trágico ver esses animais sendo mortos de maneira cruel sem que haja nenhuma interação humana neste sentindo. Os meios de comunicações e os órgãos competentes não despertaram nenhum interesse sobre o assunto, portanto tudo passa despercebido.

AS PRINCIPAIS CAUSAS DA EXTINÇÃO DE ESPÉCIES NO BRASIL

Muitas são as causas do desaparecimento das espécies. Os principais exemplos (para citar apenas alguns) são:

  • O tráfico de animais.
  • O desmatamento.
  • As queimadas.
  • A construção de hidrelétricas.
  • A caça predatória, e a captura ilegal.
  • A poluição.
  • A seca.

A “Lista Vermelha da IUCN” (IUCN Red List), como é conhecida, divide-se em três grandes categorias compostas de subcategorias:

  • Extinto da natureza.
  • Ameaçada: criticamente em perigo, em perigo, vulnerável.
  • Baixo risco: dependente de conservação, quase ameaçada, pouco preocupante.

O Instituto Chico Mendes (ICMBio) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA) divulgaram em 2014 uma lista oficial. Segundo a mesma, 1173 espécies animais correm risco de extinção, sem mencionar aqueles que já foram extintos, como a arara-azul-pequena e o minhocuçu.

ACESSE O SITE:

www.todamateria.com.br/animais-em-extincao-no-brasil

TRANSFORMANDO OS IMPACTOS AMBIENTAIS EM ASPECTO POSITIVO

AS PLANTAS. A vegetação do sertão nordestino é um ecossistema único. Formada por árvores de pequeno porte e espaçadas. Essas plantas são chamadas de xerófilas. (Palavra de origem Grega “Xero” “Fhilo” amigo.) São adaptadas às condições do clima semiárido, que predomina no sertão nordestino e apresenta médias de temperatura acima dos 25C. Chove muito pouco, de forma irregular, em geral nos meses de verão. A palavra caatinga é indígena, de origem tupi e quer dizer “mata rala” ou “mata espinhenta”. Recebeu esse nome dos índios que habitava a região porque durante o período de seca a vegetação fica esbranquiçada, quase sem folhas.

Atualmente as plantas estão basicamente comprometidas com a seca e queimadas indevidas na região. A falta de chuva é uns dos principais fatores do desmatamento da vegetação. É necessário imediato um reflorestamento e programas de combate às queimadas. Se não houver soluções imediatas e adequadamente corre-se risco de quase tudo transformar num grande deserto. As consequências são assustadoras, atingindo mais ainda o solo, animais e o clima. O desmatamento seja como for provocado de forma indiscriminada pode trazer diversos problemas para a sociedade, como aumento do processo de erosão dos solos.

Modificações climáticas com elevação da temperatura. Diminuição da umidade e o assoreamento dos rios além de provocar o aumento do efeito estufa gera também a falta de alimentos e abrigo para os animais.

Bastantes árvores foram abatidas para fabricação de carvão vegetal. Ele apresenta certo valor comercial para diversos setores das pequenas indústrias locais e fonte de renda mínima para a sobrevivência.Tudo é feito de forma ilegal sem nenhum controle ou legalização dos órgãos competente.

Mesmo que aconteça um índice elevado de chuvas e apresente um bom volume de água acima da média. Não será suficiente o bastante para restaurar todas as perdas e danos causados pelo homem e a seca acumulada durante anos. É necessário começar ter medidas de emergência rápida.

Precisamos incentivar programas de reflorestamentos rapidamente. De maneira eficaz e eficiente.

A natureza tem suas propriedades milagrosas de restabelecer e restaurar-se, tudo vai depender da nossa atitude em ajudá-la.